domingo, 16 de agosto de 2015

Bidu - Caminhos - Eduardo Damasceno, Luis Felipe Garrocho - Panini (Selo MSP) - 2014

Resenha abaixo não contem spoilers.
(Leiam os 'P.S.' São importantes)

Skoob - Compare e Compre - Loja Recomendada


A História antes de Franginha. Já passaram para pensar? Um mundo real onde Sr. Bidu sofre e fica alegre, com pequenas e grandes coisas. Fazendo novas amizades e se protegendo com velhos amigos (oiá o Easter Egg ai!). Nessa Releitura em Bidu Caminhos do Eduardo e Luis. Vem comigo nessa Resenha!

Sinopse: A trama reimagina a forma como Bidu e Franjinha, os dois primeiros personagens criados por Mauricio de Sousa, se tornaram melhores amigos. Uma aventura cheia de problemas, surras, desvios de rota, chuva, cachorros, decisões difíceis e ternura.

P.S.: Vou ser sincero! Não conheço o cenário de HQ tanto nacional  como estrangeiro (produtores, roteiristas, desenhistas, editores...) pois comecei a leitura realmente (ler como um conhecimento e não somente diversão) esse ano, ENTÃO me perdoa se eu deixar de falar dos envolvidos diretos e indiretos nas HQ(s) que eu resenhar aqui. 

O que falar de uma HQ onde você não vê falas mas os desenhos lhe trazem tanta expressão, que você pensa: "Para que falas? Porque não ver como é a realidade dos cachorros, com o que eles sofrem diariamente?"

Ambos autores fizeram um trabalho primoroso da comunicação entre os personagens inclusive com os 'seres humanos' além dos outros amigos cães. Ele não precisa pensar como nos Gibis (para entendimento da criança é necessário essa representação) mas sim em quesito de símbolos como se ele tivesse latindo. (veja a HQ e entenda melhor.)

Mas o que faz o Bidu ser um quadrinho excelente? Dependendo da situação de como se encontra bidu frente a uma diversidade as cores, o clima, a reação dos personagens e até a velocidade da leitura muda de acordo com o que está acontecendo, a chuva quando ele está triste, cores fortes quando ele está alegre e cores neutras quando está machucado. Além de expressões dos cachorros e de todo o mundo envolta daquele momento se inclina para aquela situação.

O excelente do livro é que faz referências a várias particularidades do Gibis, e se você lembra delas vai reconhece-las na hora. Além de ter a turma da mônica. Franjinha e sus invenções.... existe uma amiga que acompanha ele nos gibis a vários anos. Basta você achá-las. 

"O que eu vou contar é uma história comum dessas em que algumas coisas dão certo e outras dão errado. Mas é a melhor que eu tenho. 
È a história de como conheci meu melhor amigo. 
Ou talvez seja a história de como ele me conheceu."


Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.