quinta-feira, 14 de julho de 2016

[Resenha] O Capítulo de Julian - R.J. Palacio - Intrínseca - 2014

Resenha abaixo não contem spoilers.
Como é um conto, a resenha é pequena!

Título Original: The Julian Chapter
Páginas: 90
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Saraiva - Amazon
Resenha dos Contos: Extraordinário / Plutão / Shingaling

Primeiro conhecemos o Sol (Extraordinário) e agora vamos conhecer um dos asteroides, que passou na vida de Auggie em sua evolução no mundo colegial. Bem emocionante essa história  pois mostra por trás o que realmente Julian tinha com Auggie.


"Agora todos terão a chance de saber o que se passa na cabeça do personagem mais controverso do romance: Julian, o menino que lidera a cruzada de bullying contra Auggie. Por que Julian trata Auggie tão mal? Será que ele pode ser perdoado? Em O capítulo do Julian R. J. Palacio faz uma comovente incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos de bullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso."

Algumas pessoas ao ler o livro extraordinário sentiram raiva por Julian tratar Auggie tão mal, já o que mesmo já não levava uma vida 100% boa por causa da deficiência facial dele. Porém nesse conto entendendo completamente o que houve para ele fazer tudo aquilo, tudo bem que não justifica os atos, contudo entendemos melhor.

O maior problema em si é os pais, e a criação que eles fazem do filho, isso influência bastante nos atos de Julian Auggie e sua turma que nada mais, nada menos vivia sua vida sem atrapalhar os outros. Sentimentos que não conhecemos dos personagens, passamos a conhecer nesse conto, e temos u, desfecho para essa 'inimizade' dos dois após o livro extraordinário.

Para quem amou o primeiro livro, vai passar a amar o conto, que é super sucinto, li em apenas 1 hora e vai pensar novamente em ver as coisas por outro angulo, se com o livro extraordinário passamos a pensar como julgamos o outro, nesse conto vemos se aprendemos isso ou não.


"De repente, aquela palavra que o Sr. Buzanfa tinha usado, aquela que todo mundo ficava empurrando para cima de mim, veio como um grito. REMORSO!"


Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.