terça-feira, 17 de novembro de 2015

[Resenha] Por você - Vol. 1 - Laurelin Paige - Trilogia Fixed - Fabrica 231 - 2015


Resenha abaixo não contem spoilers.
(Leiam os 'P.S.' São importantes)

Skoob - Compare e Compre - Loja Recomenda

Este é sem duvida uma historia excitante de cheia de surpresas e espero que vocês curtam bastante. O livro conta a historia da jovem Alayna Wither ou Layne como muitas vezes vou citar, e mostra também a historia do multibilionário Hudson Pierce.

Um homem rico, lindo, charmoso e que estranhamente não tem capacidade para amar; uma mulher extremamente sexy e inteligente que lida com o vício de se agarrar emocionalmente aos parceiros. É através desses dois protagonistas aparentemente tão diferentes, que a autora Laurelin Paige apresenta Por você, primeiro volume da trilogia Fixed, maior sucesso de autopublicação do mercado norte-americano e primeiro título independente a chegar ao topo da lista dos mais vendidos do The New York Times, categoria e-book.

Layne trabalha na boate The Sky Lauch, ela é uma barwoman que deseja torna-se uma das gerentes da casa noturna, já que acabou de tirar seu MBA. Numa bela noite corriqueira ela conhece um cliente e sente-se terrivelmente atraída por ele, mal sabe ela que esse simples cliente é o novo dono da boate o magnata Hudson Pierce. 

O interessante disso tudo é que a nossa querida Layne sofre de um pequeno transtorno, ela ama demais, se envolve demais e isso é bastante perigoso, como ela mesma afirma, pois tem até uma medida protetiva contra ela. É claro que ela se trata, frequenta grupos de apoio e evita se envolver com caras que são os autênticos "não se envolver", porem Hudson Pierce é uma exceção ao caso e vocês iram entender entenderam os motivos.

Por fim Hudson contrata Layne para ser "sua namorada de aluguel", para convencer a sua família de que ele tem um coração, que está tudo bem na sua vida agitada e pra que ele não tenha que se casar com sua melhor amiga Célia Werner (quem é Célia? Calma eu vou chegar até ela ainda).

Desde o inicio Hudson deixa bem claro pra Alayna que como eles vão estar namorando de 'mentirinha' que ele irá falar coisas de um homem apaixonado, mas que tudo não vai passar de uma encenação. Contudo com trágico histórico da Laiyne sabemos o quanto é perigoso isso pra ela, e além do mais, existe muita química com esses dois, ou seja, o romance não vai ser só de mentirinha vai rolar muito sexo entre eles tendo a possibilidade dela se apegar. Pra uma pessoa normal isso pode até ser bom, mais pra uma criatura com a cabeça meio perturbada e que sofre por obsessão por seus parceiros isso é um alerta claro de PERIGO.

A historia do primeiro livro é bem amarrada, cada personagem tem seu devido destaque, eu não posso entrar em muito detalhes se não vou acabar contando o livro todo e não vai ter a mesma graça e excitação.As descrições da autora são perfeitas. Com essa habilidade, ela dá detalhes sórdidos sobre o cenário, a aparência dos personagens e coisas que acho melhor nem comentar.

O drama do livro é muito alto, diferente da maioria dos livros eróticos, posso afirmar que a autora conseguiu cumprir seu objetivo de entreter o leitor. Ela faz isso criando situações embaraçosas e, ao mesmo tempo, delicadas. É possível acompanhar de perto o desenvolvimento de Alayna, que aos poucos vai entendendo todo o seu papel no esquema do sedutor Hudson, pelo qual ela está se apaixonando.
Em breve irei postar a resenha do segundo livro da trilogia Fixed; COM VOCÊ e aposto que irão ler cada livro em um dia.

Até a próxima resenha.

Resenha feita por: Juliana Santos

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.