segunda-feira, 6 de junho de 2016

[Resenha] Uma Curva No Tempo - Dani Atkins - Arqueiro - 2015



Resenha abaixo não contem spoilers.

Skoob - Compare e Compre - Loja Recomendada - Amazon

Duas vidas, uma que sua vida é um completo desastre e sem seu melhor amigo e amor, na outra vida você tem ele, sua família e uma vida completamente diferente daquela que você conhece, e você não sabe qual é a real, qual a ilusória e ninguém lhe apoia, onde se encaixar nisso? Um drama super leve com toques de suspense é esse livro que me chamou atenção pela sinopse e pela capa. 

A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente? 

Ultimamente eu realmente limando bastante quando o assunto são livros de drama, tanto por não ser meu estilo principal como eu vejo ultimamente eles como todos tendo a mesma base, sendo um enredo parecido e mudando alguns detalhes. E digo por sinal que eles são os meus salvadores de ressaca, por isso além de eu cortar a maioria, ainda deixo os que eu pegar para momentos de necessidade.

Porém esse livro me apareceu diferente, pois ao olhar para os livros de lançamento do mês Maio de 2015 (isso lá por meio do ano de 2015) eu fiquei com vontade de ler ele pela sinopse da 4ª capa do livro, e não saiu da minha cabeça ele. Mas tinha outras prioridades, tinha outros para comprar e ele foi ficando 'meio' esquecido, porém numa situação - longa e não necessário dizer todo - a namorada, e também colaboradora ganhou esse livro da editora. Fiquei louco e resolvi fazer ele furar uma grande fila de livro, ler ele em uma tarde e não me arrepender.

Uma história que lhe cativa deste o início do livro, com um enredo que vai até o final sem você saber realmente o aconteceu, e o livro deixa 50% em aberto e isso é bom pois deixa para o leitor (com dicas no final do livro) do que pode ter acontecido e gostei da forma que terminou, sinceramente? Não conseguia ver de outra forma o final, porém mudaria algumas coisas no meio, que como falei antes não interferiram para o mal o livro, mas sim somente para dar mais 'agilidade' a história.

E vou ser sincero que quando eu pela primeira vez e sinopse, da 4ª capa (super-hiper-mega resumida do livro)  eu pensei no livro uma história um pouco diferente, mas na hora que eu peguei (1 ano depois) e olhei a orelha eu entendi que a premissa do livro era um pouco diferente daquilo que eu esperava, e isso ajudou pois da forma que pensava inicialmente não achava que a história seria legal, mas na forma como é o enredo real fica bem melhor.

Não me emocionei, mas fiquei com uma sensação feliz de ter lido esse livro, e acredito que por ser a primeira obra da autora foi esse o  objetivo dela, já que se ela se aprofundasse mais ainda na escrita iria poder ser perder no emaranhado de história que podem surgir de cada personagem.

Aliás, pensando melhor eu não mudaria nada na história, pois toda ela se encaixa perfeitamente e faz você pensar em realmente como você está vivendo a sua vida, com ou sem sua amizade por perto. Me deu o que pensar e o que sentir.

Valeu a pena ter esperando para ler e ter furado a fila.

"Pela primeira vez questionei por que estava tão motivada a demolir um mundo que podia ser muito melhor do que aquele no qual eu vivia."


Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.