sábado, 16 de julho de 2016

[Resenha] Shingaling - R. J. Palacio - Intrínseca - 2015


Resenha abaixo não contem spoilers.
Como é um conto, a resenha é pequena!

Título Original: Shingaling: A Wonder Story
Páginas: 136
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Amazon
Resenha dos Contos: Extraordinário / PlutãoO Capítulo de Julian

Depois de conhecer Auggie e seu universo, soubemos mais de Julian e motivo do jeito dele agir daquela forma, e logo depois conhecemos Chris o seu amigo de infância e longe dele, e agora conhecemos uma menina Chamada Charlotte a que fez parte do trio de recepção para Auggie. Uma coisa é certa além de aumentar a saudade da história principal, ainda ficamos com gostinho de mais histórias desse universo.


"Agora quem conta a história é Charlotte, uma das crianças que recebem Auggie no dia em que ele vai conhecer a escola.
Em Shingaling, temos a oportunidade de conhecer melhor a personagem cuja presença é decisiva em momentos importantes da vida de Auggie. Ela conta sobre sua amizade com Summer (as duas solucionam um mistério juntas) e sobre como foi, para as meninas da escola, começar a conviver com o menino mais extraordinário que já haviam encontrado. Charlotte aproveita para mostrar sua mania de fazer diagramas e explicar como elaborou o preceito citado no final de Extraordinário: 'Não basta ser amigável. Você tem que ser amigo.'"

De todas os contos que li da série extraordinário, esse posso considerar o mais diferencial deles. Pois um mostra o lado do 'vilão' da história, outro mostra o lado e uma pessoa que é um amigo de infância e nesse de uma pessoa que vive a vida dela e Auggie não interfere tanto quanto nas outras. Digo por interferir se um movimento dele causa um outro movimento na vida de Charlotte. O que vemos que não é o caso.

Ai você me lembra que no caso de Plutão também é algo parecido, mas teimo em discordar pois ali é um clássico cenário de amizade que a vida os distanciou mas amizade ainda permanece e há uma cena no final que a vida de Auggie influencia na do amigo.

Já com Charlotte vemos que ela esta paralela a vida dela, ela passa por alguns momentos que ambos estão juntos na história, (distantes fisicamente) mas a situação é a mesma e isso você vê o que posso chamar de via láctea da vida de nosso amado Auggie. (para entender leia a resenha de plutão).

Amei esse conto por esses motivos e gostaria que autora escrevesse mais contos nesse estilo, porém sei que é difícil. Se prepare para amar Charlotte, já que conhecemos tão pouco dela em Extraordinário.

"Sei que as pessoas dizem que sou muito certinha. Não sei por que falam isso. Porque não sou tão certinha assim. Mas também não sou o tipo de pessoa que vai ser má com alguém só porque outro alguém disse que eu deveria ser. Odeio quando as pessoas fazem coisas assim."

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.