sábado, 20 de agosto de 2016

[Resenha] A Garota do Calendário - Abril - Audrey Carlan - Verus Editora - 2016

Resenha abaixo contém pequenos spoilers.

Título Original: April (Calendar Girl #4)
Páginas: 160
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon - Submarino
Leia Amostra Grátis: AmazonSaraiva
Outras Resenhas: AGDC  Janeiro - AGDC - Fevereiro - AGDC - Março - AGDC - Abril - AGDC Maio - AGDC Junho - AGDC Julho - AGDC Agosto - AGDC Setembro - AGDC Outubro - AGDC Novembro - AGDC Dezembro

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...  O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.

Gente, quatro meses se passaram. E a cada livro eu venho gostando ainda mais da Mia.

Então meus amores, esse mês de abril passou tão rápido para Mia. Isso mesmo a cada livro (mês) ela vem conhecendo novas pessoas, novas amizades e principalmente conhecendo mais de si mesma.

No mês de abril, Mia é contratada pela equipe do famoso jogador de beisebol Mason Murphy. Um tremendo bad boy, charmoso e totalmente mulherengo. Isso mesmo minhas amigas e amigos. 

Desde o primeiro momento, Mia resolve que com o Mason tudo seria estritamente profissional (como assim nesse mês a Mia não iria ganhar seu bônus?!) pois o jogador já tinha olhos para outra pessoa, sua relações publicas Rachel. Uma executiva extremamente séria e que não daria o braço a torcer por um romance com o mulherengo e sem vergonha do Mason.

Então daí já percebemos onde entra o cupido da Mia (isso mesmo, como havia dito na resenha anterior, ela leva o maior jeito como cupido/psicologa), apesar da aparência espetacular de Mason, Mia não se viu atraída por ele como se sentiu pelo seus dois primeiros clientes

Neste mês, vemos a personagem mais centrada, apesar das decepções e surpresas que aparecem nesse período (põe coisas que aconteceu com ela viu, tanto decepção e surpresa, mas ainda assim nossa querida Mia não se deixa abalar). Sua relação com Mason e Rachel nesse período serviu para mais um aprendizado,

Creio que a Audrey, não está só fazendo livros hots sensações do momento. Querendo ou não cada livro tem um diferencial, mesmo tendo um objetivo central. Adoro ver o amadurecimento da personagem em si. E o melhor de tudo é que em nenhum momento ela se ilude com as condições impostas em sua vida. Mia é uma mulher linda e guerreira, mesmo com dissabores da vida, ela tem muito a aprender e a nos mostrar.  

Espero que vocês gostem tanto da leitura como eu, o livro é bem fininho, em questão de duas horas a pessoa acaba ele facilmente.

Fortes emoções nos aguardam...

Até a próxima... ;)

Resenha feita por: Juliana Santos

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas)

Leia Amostra Grátis:


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.