sexta-feira, 14 de outubro de 2016

[Resenha] Mr. ROBOT (Mr. Robot, USA, série 2015 - )

Mr. ROBOT (Mr. Robot, USA, série 2015 - )

Pessoooooas lindas, estou de volta após terminar os 103 episódios de Person of Interest, série de 2012 que eu só dei atenção há uns dois meses atrás e simplesmente me entusiasmei, não conseguia parar, foi uma paixão louca (mas vamos combinar que Jim Caviezel e sua voz rouca, é apaixonante). Me senti órfã, fiquei na cama em posição fetal vários dias, li dois livros, até que vasculhando meu HD, resolvi ver Mr. Robot e eis que achei minha nova série preferida (Desculpa Jim, a fila anda) aos 20 min do primeiro episódio. Terminei em dois dias, e ainda estou impactada com a qualidade e narrativa da série que não se preocupa com delicadeza, criticando a sociedade mesmo, de maneira crua e inteligente. Eu compararia Mr. Robot com Black Mirror, mas em relação a acidez, Black Mirror está bem a frente por se tratar de um ambiente futurista. Vamos ao que interessa, Mr. Robot é fantástica do primeiro ao último episódio e graças a Shiva já temos uma segunda temporada em andamento.


Mr. Robot gira em torno de Elliot (o estranho Rami Malek), meio antissocial, viciado em morfina, que trabalha numa empresa de segurança virtual, a All Safe, e nas horas vagas hackeia as pessoas do seu círculo e muitas outras, se tornando meio que um vigilante virtual. Um belo dia Elliot conhece Mr. Robot (o sumidinho Christian Slater), líder do grupo ativista FSociety que deseja destruir a Evil Corp, uma das empresas cliente da All Safe, que tem envolvimento com diversos crimes. Paralelamente ao arco principal FSociety X Evil Corp, temos as histórias de Elliot com a sua psiquiatra Krista, Shayla (vizinha, amiga colorida e fornecedora de morfina) e Angela (melhor amiga de infância e colega de trabalho).


Na primeira temporada Mr. Robot conta com 10 episódios DELIRANTES, rápidos, com umas reviravoltas insanas que fazem o espectador ficar de queixo caído por muito tempo. Quem me conhece sabe que eu tenho um sono eterno que me acompanha e muitas vezes me faz cochilar em filmes e séries mas com Mr. Robot, deu 1h da manhã, 2h da manhã e eu acesa querendo mais e mais. Com teor crítico inteligente a série tem diálogos para ver, rever, analisar e colocar na mesa de discussão com os amigos, sobre a sociedade atual, tecnologia, para onde estamos caminhando, toda falsidade existente nas redes sociais, capitalismo, consumismo. Bem assim galerinha, série cabeçuda para se divertir e pensar. Simplesmente EXTRAORDINÁRIA de EXCELENTE!!! 


Com a 2ª temporada em andamento, já temos a ótima notícia que Mr. Robot foi renovada para uma 3ª temporada (GRAÇAS A SHIVA). Em terrinhas brasileiras a série é transmitida pelo canal Space e ainda não tem previsão de chegar a Netflix. Quem é ansioso (assim igual a mim) pode encontrar na internet para baixar... Portanto não esperem mais, Mr. Robot é série obrigatória. Assistam, reflitam e divirtam-se!! Ainda estão aqui lendo?? Vão ver logo, mas que coisa... AGOOOOOOOOORA!!!! :P


Resenha feita por: Amanda Oliveira

Obs.: E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar!
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.