terça-feira, 11 de outubro de 2016

[Resenha] A Redenção - Lisa Kleypas - The Travis Family - Livro 2 - Gutenberg - 2016

Resenha abaixo contém pequenos spoilers.

Título Original: Blue-Eyes Devil
Páginas: 256
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon - Submarino
Leia Amostra Grátis: Amazon - Saraiva
Outras Resenha da Série: A Protegida

"Herdeira caçula de um verdadeiro império, Haven é uma mulher obstinada que vive de acordo com os próprios princípios e que não tem medo de bater de frente com o pai, Churchill Travis, um dos homens mais ricos e respeitados do Texas. Mas ao cortar relações com ele para se casar com um homem que sua família desaprova, Haven vê sua vida se transformar num verdadeiro inferno... e não tem para quem pedir ajuda. Dois anos depois, Haven volta para casa, com a alma abatida e o coração fechado, determinada a econstruir sua vida sozinha. Mas Hardy Cates e seus irresistíveis olhos azuis cruzam seu caminho, e ele é a última pessoa que ela precisa encontrar. Hardy é o mais novo magnata da indústria petroleira de Houston, um homem de sangue quente que aprendeu desde muito cedo a não confiar em ninguém e que nunca mediu esforços para chegar aonde quer: ao topo! Em sua jornada alimentada pela ambição desmedida, ele conquista poder e inimigos, incluindo os homens da poderosa família Travis. O que ele não esperava era sentir suas defesas serem abaladas pela herdeira da família. Conseguirão duas pessoas que aprenderam da pior maneira que o amor pode ser o inimigo mais cruel deixar para trás todos os traumas e se permitir uma nova chance?


Gente o que foi esse livro?

Tentarei o máximo me conter e não soltar spoilers do livro do inicio ao fim. Juro vou me segurar. 


Enfim, li a tão esperada sequencia do livro A Protegida. Posso dizer com toda certeza que me cativou muito mais que o livro anterior e olha que eu tinha adorado o romance de Gage e Liberty. Quando vi que a história envolveria Hardy Cates, juro que fiquei intrigada, para saber como a Lisa iria desenrolar essa história. E ela não me decepcionou. 

O livro gira em torno de Haven Travis, uma herdeira nada convencional. Apesar de sua fortuna ela queria fazer por merece-la. E viver as custas do seu próprio suor, sem precisar contar com a proteção de seu pai Churchill Travis. Ela não gosta de se aproveitar do nome influente que tem para se beneficiar. 
Sua vida muda da aguá para o vinho quando resolve se casar com Nick, desrespeitando a vontade de seu pai e assim ficando de fora de seu testamento. Haven teria de trabalhar para viver com Nick. Até ai tudo era lindo, até os problemas do cotidiano aparecer. 

Mesmo com uma vida simples ao lado do seu marido, Haven vive bem. Mas com o tempo Nick, começa a revelar sua verdadeira face. Ele se torna um homem autoritário, extremamente abusivo, chegando até mesmo agredi-la (e as coisas só tendem a piorar) mas Haven, como toda vitima, achava que a culpa era sua e fazia de tudo para agrada-lo. Até que as coisas foram longe demais. 

Hardy Cates é um homem ambicioso. Sofreu muito durante toda a sua vida. Abandonou a sua cidade natal quando conseguiu um emprego como soldador. Depois de um tempo trabalhando na plataforma de perfuração, ele e um sócio fundam um empresa de recuperação de campos esgotados. Desde então ele só tem crescido na vida, mas nem todo dinheiro que ele tem supre o vazio que ele sente dentro de si. 

Quando ele reencontra com Haven (eles se conheceram por acaso no casamento de Gage e Liberty), o desejo que ele sente por ela é muito maior e ele faz de tudo para se aproximar dela. Contudo, Hardy não é muito querido pela família de Haven e não seria assim tão fácil se aproximar da garota. Ela desenvolveu muitos traumas depois de seu casamento e isso a fecha para qualquer relacionamento.

"Foram poucas as vezes na minha vida em que alguma coisa estava tão boa que não dei a minima para as consequências."

O livro é um romance, mas aborda temas polêmicos, como a violência contra a mulher e o abuso emocional. E isso foi a base para o livro ser tão bom. No primeiro livro a Lisa nos apresentou o drama da vida de Liberty até entrar para família Travis. 
Nessa sequencia Lisa foi mais direta, nos apresentou personagens fortes, um romance que vira a cabeça de um leitor, e o mais importante disso tudo é o valor familiar que ela apresenta nessa serie. 

O livro está muito bem escrito e editado, eu nem consigo achar um defeito pra ele. Só peço que vocês da Editora Gutenberg lancem logo a história de Jack Travis.


Até a próxima...


Resenha feita por: Juliana Santos

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas
Share:

Um comentário:

  1. Gostei muito do livro porém eu queria que a autora tivesse explicado melhor qual foi o sentimento que o Hardy tinha pela Liberty. Ficou meio confuso. Afinal ele amou ou não a Liberty?

    ResponderExcluir

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.