terça-feira, 25 de abril de 2017

[Resenha] A Garota do Calendário - Dezembro - Audrey Carlan - Verus Editora - 2016

Resenha abaixo contém GRANDES spoilers.

Título Original: December (Calendar Girl #12)
Páginas: 160
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon
Leia Amostra Grátis: Amazon - Saraiva
Outras Resenhas: AGDC  Janeiro - AGDC - Fevereiro - AGDC - Março - AGDC - Abril - AGDC Maio - AGDC Junho - AGDC Julho - AGDC Agosto - AGDC Setembro - AGDC Outubro - AGDC Novembro - AGDC Dezembro

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em dezembro, Mia irá a Aspen, a estação de esqui mais celebrada pelos americanos endinheirados. Um homem misterioso pagou uma bolada para que ela fosse até lá. E o que Mia vai encontrar nas montanhas geladas vai mudar sua vida para sempre.

Enfim Dezembro... (suspiros)



Ai gente, como finalizar uma leitura que estamos acompanhando desde o lançamento lá em fevereiro? Pois bem, em dezembro a missão de Mia é gravar um programa especial de natal com os artistas da cidade de Aspen. 

Durante essa viagem, Mia tem uma grande surpresa. Ela encontra sua genitora, que havia sumido a quinze anos.

A jornada de Mia encerra com seu lindo casamento com surfista mais badalado da era literária, Wes. Durante dezembro, nossa aventureira percebe o quão desafiante foi seu ano e ainda assim tendo resultados inesperados e felizes. 

Mia teve o prazer de sair de sua bolha de conforto, fazer novas amizades, descobrir uma nova familia, com seu irmão Max. E o melhor de tudo amar e ser amada por Wes. Mia sentiu que finalmente o peso que carregava já não está mais em seus ombros e que agora ela pode viver a sua vida, se dedicar a si, seus sonhos, seu amor e ao que tiver vontade. 

Mesmo com a recuperação do pops, ele ainda não faz por merecer o titulo de pai, não é atoa que o final dele é mais do que merecido. 

Referente a sua mãe, eu não gostei do desfeche dela, a explicação do seu sumiço eu achei um pouco forçado. Eu esperava algo mais marcante.



Sem sombras de duvidas, a vida da Mia nesse ano, foi bem interessante. Novas amizades, uma familia de verdade e um grande amor. Sem falar no sucesso que ela está fazendo no seu programa. 

Querida Audrey, amei o final da Garota do Calendario, foi realmente gratificante ler os doze livros e perceber que você não deixou ao acaso seus personagens no final de dezembro. 



#Confienajornada.


Resenha feita por: Juliana Santos

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.