segunda-feira, 17 de abril de 2017

[Resenha] A história do futuro de Glory O'Brien - A.S. King - Gutenberg - 2017

Resenha abaixo não contém spoilers.

Título Original: Glory O'Brien's History of the Future
Páginas:  240
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon
Leia Amostra Grátis: Amazon
Outros Livros de A.S. King: Os dois mundos de Astrid Jones - Todo Mundo Vê Formigas

O fim do ensino médio é uma época de possibilidades infinitas – mas não para Glory O’Brien, uma jovem norte-americana que não tem nenhum plano para o futuro. Sua mãe cometeu suicídio quando Glory tinha apenas 4 anos, e ela nunca parou de se perguntar se seguiria o mesmo caminho… Até que numa noite transformadora ela começa a experimentar um novo e surpreendente poder que lhe permite enxergar o passado e o futuro das pessoas.De antepassados a muitas gerações futuras, a jovem é bombardeada com visões – e o que ela vê pela frente é aterrorizante: um novo líder tirânico toma o poder e levanta um exército. Os direitos das mulheres desaparecem. Uma violenta segunda guerra civil explode. Jovens garotas somem diariamente, vendidas ou confinadas em campos de concentração. Sem saber o que fazer, Glory decide registrar todas as suas visões, na esperança de que a sua História do Futuro sirva de alerta e evite o que vem por aí.Mas será que as pessoas vão acreditar nela? Será que estarão dispostas a fazer o que é necessário para impedir a concretização daquele destino medonho?Nesta obra-prima sobre feminismo, liberdade e escolhas, A. S. King mais uma vez nos brinda com seu realismo fantástico para contar a história de uma garota que tenta lidar com uma perda devastadora.

De tanto me falarem, da A.S. King, resolvi ler um livro dela pela primeira vez, e aparentemente comecei pelo livro errado.

Me perdoem quem é fã dos livros anteriores, mas a História do futuro de Glory O'Brien, não funcionou para mim.

A História do futuro de Glory O'Brien, conta a história de Glory, uma adolescente que esta se formando no ensino médio. Glory, é obcecada pela história da sua mãe Darla, que se suicidou quando a garota tinha apenas 4 anos de idade. Glory só tem uma amiga, Ellie. Uma amizade que a própria Glory não da valor nenhum.

Ela não tem uma perspectiva de futuro e por isso deixou passar as oportunidades de se inscrever para uma faculdade para tirar um ano de folga e ficar fotografando. Fotografar é a única coisa que aproxima Glory da sua mãe morta.

A história se arrasta, até que um dia Glory e Ellie resolvem beber cerveja com um morcego morto meio moído. E é a partir desse momento em que a vida dessas duas garotas mudam.

Glory, tem visões do passado e do futuro das pessoas. As infinitudes delas, como a própria menciona no livro. Enquanto Ellie tem visões banais de cada pessoa.

Honestamente, o livro não funcionou pra mim. A Glory é uma pessoa verdadeiramente egoísta, apesar dela afirmar que a egoísta é sua amiga Ellie. Ela passa o livro todo tentando conhecer a vida de sua mãe, ela é uma garota solitária e a única chance de se divertir e de viver com uma amiga, ela desperdiça desde o inicio, não confiando na pessoas que conviveu com ela desde criança.

O mais interessante do livro são as visões de Glory, pois ela vê a possibilidade de um futuro apocalíptico, onde no futuro dos EUA, só haverá sofrimento para as mulheres.

A escrita da A.S. King, é até boa, porém foi a história em si que não funcionou bem comigo.

Resenha feita por: Juliana Santos


Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas 

Leia Amostra Grátis: 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.