segunda-feira, 3 de abril de 2017

[Resenha] O Ar que Ele Respira - Serie Elementos - Livro 1 - Brittainy C. Cherry - Record - 2016


Resenha abaixo contém pequenos spoilers.

Título Original: The Air he Breathes
Páginas:  308
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon
Leia Amostra GrátisAmazon - Saraiva
Outros Livros de Brittainy: A Chama Dentro de Nós


O novo romance da autora de Sr. Daniels. 
Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Logo de cara, o leitor já é arrebatado pela beleza da edição do livro. E quanto mais paginas vamos lendo, fechamos o livro para conferir os detalhes do modelo do livro com o Tristan Cole. Nunca um modelo causou tanto impacto como esse carinha causou representando o personagem principal.    


O Ar que Ele Respira  conta a história de Elizabeth, uma recém-viúva de 28 anos que está tentando superar o luto ao lado de sua querida filha Emma de 5 anos, uma menina adorável. Mesmo com os dissabores de sua vida, Lizzie, tenta seguir em frente para poder proporcionar um pouco de felicidade para sua filha. 

Após o enterro de seu marido, Lizzie, fugiu para casa de sua mãe, para evitar que as lembranças de seu casamento a consumisse. Depois de um ano vendo sua mãe namorar diversos caras, ela decide enfrentar seu passado e retornar para sua verdadeira casa. Uma mudança muito boa, pois ela reencontra amigos de verdades (outros nem tanto) e sua linda vizinhança fofoqueira. Mas logo ao chegar a cidade de Meadows Creek, ela acaba atropelando um adorável cachorro e debatendo com o furioso Tristan Cole.

Tristan Cole, um HOMEM de 33 anos que tem a reputação de ser o mais grosseiro, solitário e bastante perturbado. Ele é o retrato perfeito da tristeza e solidão pois o bonitão tinha ficado viúvo e perdeu também seu único filho, Charlie. Então podemos perdoar todo seu mau humor não é?

Porem o senhor Destino arranja de colocar Lizzie e Tristan como vizinhos. E eles são atraídos de diversas formas, suas perdas do passado, fazem que o relacionamento entre os dois sejam únicos. Mesmo ele evitando a todo custo se envolver com qualquer pessoa, é inevitável ele não se encantar pela filha de Lizzie, Emma é realmente uma criança especial. 

A história se desenrola, a partir da solidão dos dois. Eles se reconhecem como iguais, pois os dois perderam parte de sua vida.  Elizabeth acredita que ambos podem se ajudar, mesmo ele tentando eliminar qualquer tipo de contato.

Então nós leitores, vemos a dor da perda de Tristan e entendemos o por que de tanta devastação em sua alma. Lizzie tambem não pode ser esquecida, ela sofreu demais com a morte de seu marido e ainda tendo que mostrar que está bem, para proteger sua filha de uma infância infeliz. 

Então meus amigos, eu digo que fui arrebatada por esse livro. É claro que vi muitas criticas positivas e negativas, mas o gosto é de cada um. A história tem sua carga dramática e um pouquinho de alivio cômico com os personagens de Faye e Emma, até mesmo o Sr. Henson.

O ar que ele respira, é um livro altamente refletivo. Pois através da dor dos personagens e da falta de oportunidade que eles tiveram de se despedir de seus entes queridos que percebemos o quanto a vida é curta e que não podemos deixar nada para depois.

Como disse acima, o livro é bem feito, a edição a tradução estão todas em sincronia. Eu amei cada capitulo, cada palavra desse livro. 

Esse foi o primeiro romance da Brittainy Cherry que li. E agora vou correr atrás de Sr. Daniels, para ler e conferir o quão boa é essa autora.


Resenha feita por: Juliana Santos

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas 

Leia Amostra Grátis:


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.