sexta-feira, 14 de abril de 2017

[Resenha] Uma Sombra Na Escuridão - Robert Bryndza - Gutenberg - 2017

Resenha abaixo NÃO contém spoilers.

Título Original: The Night Stalker
Páginas:  320
Informações do Livro: Skoob - GoodReads
Onde Comprar: Compare e Compre - Saraiva - Amazon
Leia Amostra Grátis: Amazon
Outros Livros de Robert Bryndza: A Garota no Gelo
Do mesmo autor de A Garota No Gelo. A Detetive Erika Foster tem agora um desafio aterrorizante. “A sombra saiu da escuridão e subiu as escadas silenciosamente. Para observar. Para aguardar. Para colocar em prática o que há tanto tempo planejava.” Em uma noite de verão, a Detetive Erika Foster é convocada para trabalhar em uma cena de homicídio. A vítima: um médico encontrado sufocado na cama. Seus pulsos estão presos e através de um saco plástico transparente amarrado firmemente sobre sua cabeça é possível ver seus olhos arregalados. Poucos dias depois, outro cadáver é encontrado, assassinado exatamente nas mesmas circunstâncias. As vítimas são sempre homens solteiros, bem-sucedidos e, pelo que tudo indica, há algo misterioso em suas vidas. Mas, afinal, qual é o segredo desses homens? Qual é a ligação entre as vítimas e o assassino? Erika e sua equipe se aprofundam na investigação e descobrem um serial killer calculista que persegue seus alvos até achar o momento certo para atacá-los. Agora, Erika Foster fará de tudo para deter aquela sombra e evitar mais vítimas, mesmo que isso signifique arriscar sua carreira e também sua própria vida.

Para quem gosta de Thrillers, o elemento surpresa é sempre aquele que mais esperamos. Deste o seu lançamento da tradução a ser publicada pela Gutenberg aqui no brasil, já começou minha cota de surpresas e não são poucas.

A Primeira foi o nome do livro e sinopse que eu já fiquei super interessado, logo depois de algumas semanas recebo um e-mail da editora me oferecendo um livro uma prova para eu ler ele (que obviamente eu aceitei prontamente), uma descoberta de um assassino  no meio do livro e de uma forma super diferente do tradicional que vemos por ai e por ultimo descobri que já tem mais 2 livros publicados fora do brasil dessa mesma série... como não amar todas essas surpresas!?

"- Vou Encontrar você. E quando eu fizer isso, vou olhar nos seus olhos e ver o quanto você acha que é esperta.
-Me pegue se puder. Ainda não Terminei".

Entramos em mais uma história da DCI Erika Foster, logo depois dos acontecimentos de A Garota no Gelo (já com resenha no blog) em mais uma caçada onde o inimigo é um assassino que mata suas vítimas em suas residencias, com sacos na cabeça e amarrados em suas camas. Não há sinais de arrombamentos e esses dois primeiros assassinatos não tem QUALQUER ligações entre eles. Cabe a Erika e sua turma com Moss e Peterson descobrir o que está acontecendo.

Sabe aquelas sabias palavras de Leonardo Dicaprio em Django?


Então foi assim durante o livro... o começo foi tudo por pura curiosidade e imaginando eu que seria mais um dos livros de thriller que o resultado vem no final... porém mais precisamente na páginas... - ops.. não falarei claro - me sai uma palavra que juro que pensei que era erro de português... mas reli e finalmente entendi seu significado... a partir dai o livro conquistou finalmente minha atenção. 

Friso dizer que o começo do livro não é chato... ele decorre de forma sucinta e linear... porém ao informar ao leitor já em uma página uma característica do assassino e na página seguinte já falar QUEM É ESSE ASSASSINO FALANDO EM PRIMEIRA PESSOA, me deixou abismado... pois fiquei realmente preocupado em como ele sustentaria o livro até o final já que ele já me mostrou o assassino quem era. 

E não é que Robert, já somos íntimos (rs), conseguiu sustentar e elevar mais ainda até o final? Esse cara não merece palmas... mas o tocantis inteiro (agora você escuta aquela risada bem alta de Carlos Alberto do programa A praça é nossa - Link Aqui).

Não posso deixar de comentar que antes de iniciar o penúltimo capítulo eu já sabia que ia ficar com raiva, porém em uma pagina ele me deixa com raiva e na outra a Erika DÁ um show de sambada na cara do chefe... ali eu gostei DEMAIS.

Mais uma vez Robert Bryndza nos presenteia com mais uma obra prima com perseguições, assassinatos e descobertas fascinantes.

E eu aqui ansioso pelo livro 3 e 4, já pensando se leio em inglês ou não. 

Resenha feita por: Higor Costa

Obs.: Prefiro não notificar o livro, pois eu não tenho a capacidade de enumerar de 0 a 10 o quão ele pode ser ruim ou não. Prefiro deixar você descobrir. E se por ventura houver erro de português, não deixa de me avisar, sou humano e vou errar! (Essa observação irá em todas as resenhas 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.