terça-feira, 11 de julho de 2017

[Resenha] A Pequena Livraria dos Corações Solitários - Annie Darling - Verus - 2017

Resenha abaixo contém pequenos spoilers.

Título Original: The little bookshop of lonely hearts #1
Páginas:  308
Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavínia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavínia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!

 Nunca o previsível foi tão encantador...


A pequena livraria dos corações solitários, nos conta a história de Posy Morland, uma vendedora de livros, que é completamente apaixonada pelo que faz. Posy, perdeu os pais em um acidente de carro e se vê em uma grande responsabilidade; cuidar do seu irmão mais novo. Ela contava com ajuda de Lavínia, que veio a falecer também e deixando sua livraria para Posy.

Lavínia deixou bem claro em seu testamento que deixava a livraria para Posy, mesmo sabendo que os negócios do ramo literário não ia indo bem. Porem Posy teria um prazo de dois anos para fazer sua livraria decolar, caso contrario a livraria seria passada para Sebastian, o neto e homem mais grosso de toda Inglaterra.
Sebastian, o único neto e herdeiro de Lavínia, foi muito mimado por sua avó e  por sua mãe durante sua infância e desde então não sabe escutar um não de ninguém. Sebastian é um homem completamente grosso, e praticamente leva Posy a loucura com seu jeito mandão e grosseiro. Sebastian não concorda com a ideia de Posy transformar a Bookends em uma livraria completamente feminina, A felizes para sempre. Ele quer reformar a livraria para vender somente livros policiais, a Adaga Sangrenta.
Com tantas desavenças, eles não percebem a aproximação dos dois durante a aquele período de discussões. E é nesses momentos de tensões que Posy começa a escrever seu romance de época; Violada pelo devasso (confesso que queria ler esse livro, poderia ter uma spin off).
Os personagens são maravilhosos, cada um com sua peculiaridade. Posy por exemplo é apaixonada por romances de época, o que me deixou mais encantada com ela, pois sou amante desse gênero. Sebastian, mesmo com toda sua grosseria, esconde debaixo de tanto sarcasmo uma boa pessoa. 
E o mais legal de tudo, não foi o romance em si, e sim a determinação de Posy para mudar a Bookends para Felizes para sempre. Posy me cativou desde o inicio.
A pequena livraria dos corações solitários, é um livro bastante rápido de se ler. Ele é um tipico romance chick lit, completamente clichê e previsível. A escrita da Annie Darling, é bem simples e ela fez seu livro recheado de referencias de autores que tanto amamos. Não podemos deixar de falar da capa maravilhosa que esse livro tem. A edição está simplesmente perfeita.
Esse livro é seu romance de estreia, e já podemos aguardar a sequencia da serie dos corações solitários.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre Nós

Sobre Higor e Juliana: Casal geek, cinéfilos, leitores compulsivos. Amantes de um bom seriado e perdidamente apaixonados pelo mundo da literatura.